Uma pesquisa sugere que o cérebro humano foi programado para ‘odiar’ dietas.