Novo estudo mostra que os canabinoides da planta podem reduzir a necessidade de quimioterapia