Livro retrata os hábitos e a filosofia de vida dos orientais mais longevos do planeta. Uma inspiração para revermos nossa rotina

“Ikigai” é uma palavra japonesa que pode ser traduzida como “a razão pela qual nos levantamos pela manhã”. É um propósito de vida respeitado e cultivado sobretudo pelos habitantes da ilha de Okinawa, uma das regiões que mais abrigam centenários ativos no mundo. E que ajuda a entender, ao lado de alguns hábitos específicos, por que os japoneses envelhecem tão bem.

Não à toa, Ikigai também é o título do livro de Héctor García e Francesc Miralles, dois espanhóis que mergulharam no cotidiano de uma aldeia de Okinawa para aprender com os seus idosos que nunca se aposentam os pilares de uma existência longa e feliz.

Entre os segredos desse grupo estão uma intensa vida em comunidade, dieta à base de cereais, verduras e peixes, prática de exercícios leves e, claro, a busca e o encontro de um sentido para o dia a dia.

O que aprendemos com os japoneses centenários

Comunidade: Os povoados prezam por laços sociais fortes, apoio mútuo, celebrações e centros de convívio.

Alimentação: O cardápio é rico em cereais, frutas, verduras e pescados. O chá é presença constante.

Exercícios: Tai chi, ioga e alongamento matinal fazem parte do cotidiano dos habitantes.

Meditação: A prática auxilia a manter atenção no presente e a se desvencilhar do estresse.

Ikigai – Os Segredos Dos Japoneses Para Uma Vida Longa e Feliz

Autores: Héctor García e Francesc Miralles

Editora: Intrínseca

Páginas:
208

Preço: R$ 29,90

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *