Coronavírus: “Prefiro morrer em casa a ir para quarentena”, diz Wenjun Wang, moradora de Wuhan