Uso de vitaminas está liberado apenas se houver deficiência vitamínica nos pacientes