Uso de esmalte e unhas postiças sugeriu que o controle da infecção hospitalar poderia estar sendo colocado em risco.