Transtorno bipolar virou diagnóstico ‘desejável’ na Grã-Bretanha, alertam psiquiatras