• Nos dias ensolarados, usar óculos com filtro especial contra os raios deve estar no topo de suas prioridades. Quem se expõe ao sol sem proteção tende a sofrer com doenças como a catarata e a degeneração macular. É imprescindível que as lentes dos óculos de sol tenham filtro contra a radiação. Ou eles até farão mal. “Ao usar lentes escuras, as pupilas e as pálpebras se abrem, porque a luminosidade diminui e isso aumenta a penetração dos raios nocivos”, descreve o oftalmologista Marcelo Martins Ferrero Júnior.

    Devemos usá-los todos os dias?
    Quem trabalha na rua ou vai passar muitas horas ao ar livre não pode abrir mão do acessório. Já as pessoas que costumam ficar em ambientes fechados não expõem seus olhos ao perigo com tanta frequência e intensidade. Mesmo assim, não custa lançar mão do seu par enquanto estiver se deslocando de um lugar a outro.

    Os óculos são válidos mesmo nos dias nublados?
    “Sim!”, responde enfático o oftalmologista Renato Neves. “Da mesma maneira que a pele pode ficar bronzeada quando o céu está encoberto, os olhos também recebem a parcela da radiação que atravessa as nuvens”, compara.

    Dá para confiar no selinho que indica que as lentes têm proteção?
    A olho nu não tem outro jeito, pois não dá para diferenciar os óculos protegidos de outros sem proteção. Mas existe uma máquina chamada fotômetro que mede a quantidade exata de radiação bloqueada pela lente. O aparelho está disponível em consultórios médicos e nas boas óticas do país.

    Lentes cor-de-rosa, azuis… Elas também protegem?
    O que conta mesmo é a presença daquela substância que bloqueia os raios ultravioleta, o que independe da cor das lentes. O fato de o tom ser mais escuro ou mais claro pouco importa nesse caso. O que alguns especialistas afirmam é que tonalidades capazes de distorcer demais as cores do mundo real acabam irritando os usuários. Mas essa é outra história.

    As lentes bem escuras são as mais indicadas?
    Mais uma vez, o que importa é se os óculos são ou não são protegidos contra a radiação solar. Lentes escuras são mais confortáveis para indivíduos com fotofobia, ou seja, que não suportam claridade. Não quer dizer que, sem filtro, protejam seus olhos dos efeitos cumulativos dos raios. Ao contrário.

    Os óculos que escurecem conforme a intensidade de luz são confiáveis?
    Qualquer tipo de lente, mesmo aquelas transparentes de grau ou as de contato, pode receber o tratamento anti-UV. Os modelos fotossensíveis, que mudam de tom conforme a claridade, não são exceção. E, com o devido filtro, podem ser uma boa para quem não gosta de ficar trocando de acessório.

    Aqueles óculos com lentes amarelas, vendidos a quem vai dirigir à noite, protegem os olhos do sol?
    A lente, seja ela qual for, é boa quando bloqueia pelo menos 99% dos raios solares nocivos. As amarelas e as marrons são, de fato, especialmente indicadas para quem vai dirigir. “São cores que neutralizam os tons do asfalto e da neblina”, justifica Renato Neves.

    As crianças também precisam usar óculos de sol?
    “Com certeza!”, responde Marcelo Martins Ferrero Júnior. “Não existe uma idade mínima para o uso do acessório. Assim que o pequeno começar a se expor ao sol já é hora de ganhar o seu par”, acrescenta. “Mas é preciso ter bom senso”, rebate o oftalmologista Élcio Sato. “Se a garotada só ficar sob o sol nos horários considerados seguros – até 10 da manhã e depois das 4 da tarde -, não há tanta necessidade, muito menos se estiver usando um chapéu ou um boné”, comenta.

    Afinal, o que deve ser levado em consideração na hora de escolher o modelo?
    A proteção contra a radiação solar é obrigatória. Além disso, é importante que as lentes sejam de marca confiável. “Do contrário, independentemente da cor, elas podem distorcer a visão, causando dores de cabeça”, alerta Élcio Sato. Outra dica é procurar na peça o selo da Abiótica – Associação Brasileira de Produtos e Equipamentos Ópticos -, que garante a procedência dos óculos. E, para evitar problemas no futuro, compre o seu par numa loja conhecida. “Dessa maneira, é possível reclamar de qualquer defeito”, ensina Élcio Sato.

    Barreira efetiva
    O segredo de um bom par de óculos de sol está em suas lentes. Algumas já recebem substâncias que bloqueiam os raios durante a sua fabricação. Outras passam por um tratamento depois de prontas no qual é aplicada uma substância transparente que tem a ação de um escudo.

    Entenda como o fotômetro mede a quantidade de radiação bloqueada pela lente
    O mecanismo é simples. Na parte de baixo do equipamento existe uma fonte de raios ultravioleta. Na superior, há um sensor que mede a porcentagem de radiação que vai de uma extremidade a outra. Quando uma lente é colocada entre esses dois pontos, o sensor marca a quantidade de raios UV que conseguiu atravessar o material.

    Tags: , , , , , , ,

  • A pele envelhece junto com o ser humano. Os “fibroblastos“, pequenas ferramentas que produzem o colágeno, chegam aos 30 anos de vida intactos, mas a partir daí começam a envelhecer e vão perdendo a força, produzindo menos colágeno, que é uma substância que dá firmeza à pele. Quando ele diminui, a pele fica mais flácida. É um processo normal da evolução humana, assim como a contração e relaxamento dos músculos da mímica facial, o que deixa a pele enrugada com o tempo.

    Linhas e marcas de expressão podem virar rugas e pregas com o tempo porque os fibroblastos reduzem a produção de colágeno e com isso a pele perde parte da sustentação. A dica dos especialistas para deixar a pele jovem é protegê-la, hidratá-la e limpá-la diariamente. Em casos mais extremos como a cirurgia, é necessário cuidados antes do procedimento.

    Para realizar as operações no rosto, os médicos usam regras matemáticas que se aplicam a qualquer mulher. Veja:
    Lábios: os inferiores devem ser menores. A regra é: lábio superior = 1,6 vezes lábio inferior

    Nariz x olhos: a largura do nariz na altura das narinas deve ser igual à distância entre os olhos

    Nariz x testa: o comprimento do nariz deve ser igual ao comprimento da testa

    Lifting (ritidoplastia)
    É a mais comum cirurgia plástica de fase. Ele levanta as estruturas musculares, agindo no sentido contrário dos vetores do envelhecimento, e produz um efeito generalizado no rosto, porque mexe na musculatura.

    Há diversas formas de realizar o lifting, de acordo com as diferentes regiões do rosto. É possível provocar alterações nos olhos, bochecha, boca, pescoço e queixo. No lifting, você fixa o músculo acima da orelha, sutura e amarra a musculatura.

    Quem decide fazer a cirurgia precisa se preparar bem antes. É preciso fazer hidratação e limpeza de 15 a 20 dias antes da cirurgia para preparar a pele para o procedimento, além de visitar um clínico antes para que ele peça os exames preparatórios. Outro fator que pode prejudicar a cirurgia é o fumo porque o cigarro altera a circulação, então é recomendável eliminá-lo por, pelo menos, três semanas antes do procedimento.

    Após a cirurgia, no mesmo dia, os médicos recomendam compressas com água fria com gases ou toalhas. Não se deve colocar gelo na pele porque há o risco de queimaduras. Além disso, é preciso tomar corretamente antibióticos e analgésicos indicados pelo médico para evitar reações.

    Outra recomendação é evitar tomar sol por dois meses para proteger a pele de manchas e edemas e fazer drenagem linfática de duas a três vezes por semana na região do rosto. O mais importante é o paciente descansar por, no mínimo, dez dias.

    Toxina botulínica
    Quando fazemos expressões com o rosto, movemos um grupo muscular específico e, com o tempo, eles vão ficando vincados e causam as marcas de expressão. Então, a toxina botulínica é injetada no músculo e bloqueia os receptores, fazendo com que as fibras fiquem paralisadas, aliviando a tensão muscular e deixando a expressão facial mais leve e menos marcada.

    Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, não há comprovação científica de que a reaplicação excessiva da toxina botulínica possa trazer danos à saúde. No entanto, por questões de segurança, a entidade recomenda no máximo três aplicações ao ano por pessoa.

    Alguns fatores reduzem a durabilidade da aplicação da toxina butolínica, como antiinflamatórios, aceleradores de metabolismo e estresse. O médico pode aplicar uma dose de complementação da toxina botulínica de duas a quatro semanas depois da primeira, caso o resultado não tenha ficado satisfatório.

    Preenchimento
    É a injeção nos sulcos da pele de uma substância que tem como base o ácido hialurônico, que é fabricado pelo fibroblasto e já existe no corpo humano. Ele estufa e nivela a ruga, deixando a pele mais firme e reduzindo as marcas. O resultado é instantâneo e pode ser visto na mesma hora.

    Creme de semente de trigo
    Feito a base de um agente “tensor” de origem vegetal, extraído das proteínas da semente do trigo, o creme também funciona para “esticar” a pele. Ele provoca um efeito imediato que dura aproximadamente 8 horas ou até o rosto ser lavado. O produto funciona porque cria um filme que estica a pele e diminui a profundidade das rugas, deixando o rosto liso e brilhante.

    É importante alertar as mulheres para não realizarem nenhum destes procedimentos no período da gravidez até 6 meses depois do término da amamentação. A restrição inclui grávidas, lactantes e mulheres que amamentaram recentemente porque as substâncias ou cirurgias podem prejudicar o bebê. Apenas o creme de semente de trigo é liberado.

    Tags: , , , ,

  • Câncer, Dicas 05.09.2011 No Comments

    A médica explicou a cada quanto tempo se deve repassar o filtro solar, a diferença entre os raios solares UVA e UVB e por que as sardas aparecem. Além disso, falou sobre a importância de usar protetor mesmo sob a luz artificial e como aplicar o autobronzeador em casa.

    O filtro solar ajuda a evitar o aparecimento de manchas e câncer de pele. Todas as pessoas, de cor clara ou morena, têm que usar diariamente o produto, que bloqueia o sol e, por essa razão, impede que o que hoje é vermelho se torne marrom no futuro.

    A luz das lâmpadas estimula a produção de melanina, proteína responsável pelas manchas. Portanto, é fundamental usar protetor mesmo em ambientes fechados.

    O filtro solar pode ser físico ou químico. O primeiro é composto por óxido de titânio e óxido de zinco e tem como função refletir o sol. Causa menos alergia, porque não penetra na pele. Já o segundo é feito de moléculas orgânicas e absorve os raios solares.

    Antes de usar um autobronzeador, a pele deve ser esfoliada. Isso pode ser feito em casa mesmo, com açúcar e água. Gotas de óleo de amêndoa ou uva também podem ser acrescentadas, pois ajudam na hidratação.

    Tags: , ,