• Álcool, Droga, saúde 05.11.2012

    Relação se manteve mesmo quando outros fatores foram considerados.

    Para autora, não é possível afirmar que a proximidade provoque o abuso.

    Cientistas finlandeses apontaram um novo fator que pode levar ao abuso no consumo de álcool – morar perto de um bar. A relação foi apresentada em um estudo publicado pela revista científica “Addiction”.

    Os resultados mostraram que, quando uma pessoa se muda para 1 km mais perto do bar, o risco de que ela se torne uma “bebedora pesada” aumenta em 17%. A equipe de Jaana Halonen, do Instituto Finlandês de Saúde Ocupacional, considerou “bebedores pesados” os homens que consomem mais 300 ml de destilados por semana – para as mulheres, esse volume é de 200 ml.

    O estudo levou em conta a possibilidade de que esses bebedores se mudassem para perto de um bar de propósito. No entanto, essa hipótese perdeu força, pois o aumento no consumo do álcool também ocorreu quando a pessoa continuou morando no mesmo lugar, e um bar foi aberto mais perto de sua casa.

    Outros fatores também foram considerados, como a renda média de cada um – na Finlândia, os mais pobres tendem a beber mais. Ainda assim, os pesquisadores encontraram a mesma relação entre a proximidade do bar e o abuso do álcool.

    Em média, 9% dos participantes que moram a menos de 120 metros de algum bar são bebedores pesados. Quando a distância sobe para mais de 2 km, o número de bebedores pesados cai para 7,5%.

    Apesar da relação “notável”, a autora não acredita que um bar perto de casa provoque, de fato, o alto consumo da bebida. “Fatores além da proximidade também podem explicar, provavelmente, a associação observada”, ponderou Halonen.

    Posted by @ 23:33

    Tags: , ,

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *