Bactéria pode vir a consumir carbono do lixo e da poluição para criar álcool